Perfilagem Geofísica: O que é e para que serve?

A perfilagem geofísica é um método de investigação utilizado para gerar perfis verticais que pode ser aplicado tanto para poços de petróleo ou poços de água quanto para sondagens na mineração.

Essa investigação acontece através da descida de uma sonda per meio de um guincho até o fundo de um poço ou de um furo de sondagem, ao subir a sonda, as medições ocorrem na parede do furo ou do poço. Diversos parâmetros podem ser medidos, como resistividade, magnetismo, entre outros. Para saber mais sobre a perfilagem geofísica de poços ou em sondagens na mineração, leia este conteúdo até o final!

Perfilagem geofísica de poços e na mineração: para que serve?

O resultado da perfilagem geofísica na mineração pode ser utilizado para obter diversas informações, entre as mais importantes estão:

  • Complementar as informações que foram obtidas nos furos de sondagem, principalmente quando ocorre baixa recuperação de testemunhos, ajudando na demarcação de contatos litológicos;
  • determinar densidades in situ de minérios que são friáveis;
  • adquirir dados para complementar com informações de outros métodos geofísicos que foram aplicados ou que ainda vão ser realizados na área.
Execução da perfilagem geofísica de poço (Oliveira, 2005).
Fonte: Execução da perfilagem geofísica de poço (Oliveira, 2005). (https://www.researchgate.net/figure/Figura-1-Execucao-da-perfilagem-geofisica-de-poco-Oliveira-2005_fig1_262427417)

Quando a perfilagem geofísica é realizada em poços subterrâneos, alguns de seus benefícios são:

  • Garante maior probabilidade de uma perfuração bem sucedida e da estrutura adequada a ser instalada no poço;
  • é possível identificar dados em profundidade de uma maneira mais assertiva;
  • é um método simples de ser realizado, sem ser necessária grande infraestrutura nem investimento além da aquisição do equipamento.

Por fim, um dos principais benefícios para a perfilagem geofísica quando aplicada em poços subterrâneos, principalmente em áreas em que já existem poços perfurados é que ela possibilita um excelente controle estratigráfico da região.

Portanto, a partir da perfilagem geofísica é uma série de poços, se torna possível entender melhor como funciona a estratigrafia da região em profundidade e, a partir disso, caso seja necessária a perfuração de mais poços, os estudos que vinherem a seguir dessas informações possibilitaram com que a equipe de geologia possa ter um maior indíce de acerto para estudos futuros.

Essa mesma perfilagem, com equipamentos e contextos diferentes também pode ser utilizada na prospecção de óleo e gás, no caso de poços de petróleo para entender melhor a estratigrafia do local.

Principais métodos utilizados:

Os principais métodos de perfilagem geofísica utilizados são:

  • Calibre (caliper);
  • Raios gama (natural);
  • Densidade (gama-gama);
  • Sônico;
  • Nêutrons;
  • Resistividade;
  • Potencial espontâneo (SP).

Além destes existem alguns outros métodos como o perfil dipmeter (mergulho), o perfil de imagem resistiva, o perfil de imagem acústica de poço e a ressonância magnética nuclear. Além disso, cabe ressaltar que para cada método, podem existir diferentes tipos de perfilagem. Por exemplo, no método de resistividade, podem ser aplicadas a resistividade elétrica convencional, o perfil de indução (bobina), o perfil com eletrodos focados e a microresistividade.

Se você quiser saber mais sobre a perfilagem geofísica para poços subterrâneos ou até mesmo para sondagens na mineração, entre em contato conosco! Temos uma equipe de geólogos e geofísicos que pode auxiliar você e pode realizar esse serviço com maestria, atualmente já atendemos todos os estados do Brasil, principalmente a região Norte e Nordeste!

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.