Como identificar as características do solo

Como identificar as características do solo?

Saiba mais sobre o que é o solo, suas características e como identifica-lás.

O que é o solo?

De uma forma simples, o solo pode ser definido como um material inconsolidado formado a partir da decomposição das rochas, através de um conjunto de processos físicos (atrito entre as partículas e temperatura), químicos (ação da água e outros compostos) e biológicos (ação de micro-organismos e raízes) conhecidos como intemperismo.

É importante salientar que o solo é uma ferramenta fundamental para o desenvolvimento de diversas atividades humanas, como a produção de alimentos e a construção civil.

Características do solo

Para saber como como identificar as características do solo temos que entender que além da existência de diferentes tipos de rochas na crosta terrestre que, consequentemente, podem originar diferentes tipos de solos, a sua variação é condicionada, também, por uma série de fatores que interagem entre si, como: tipo de relevo e clima, organismos e o tempo. Dentre os diferentes tipos de solos existentes, pode-se citar:

  • Solo arenoso: correspondem aos solos constituídos, principalmente, por grãos na fração areia. São extremamente porosos e permeáveis, ou seja, a água infiltra em seus espaços vazios de forma bastante rápida, acumulando-se, geralmente, nas camadas mais profundas. Comumente, esse tipo de solo é pobre em nutrientes.
  • Solo argiloso: são constituídos, essencialmente, por grãos na fração argila. Estes, ao contrário dos solos arenosos, caracterizam-se por apresentar alta impermeabilidade, no entanto, podem reter grande quantidade de água. Devido à grande concentração de nutrientes, são bastante propícios para o cultivo e atividade agrícola.

imagem mostrando a característica do solo argiloso
imagem mostrando um solo humoso

A primeira imagem, caracteriza um solo argiloso, já a segunda caracteriza um solo humoso, que são solos ricos em matéria orgânica, também conhecidos como terra preta e apresentam alta permeabilidade, proporcionando boas condições para o crescimento de plantas.

Cada tipo de solo caracteriza-se por apresentar um comportamento típico quando um esforço é aplicado, desse modo, torna-se fundamental a realização de ensaios para o conhecimento dessas características.

Qual o método mais utilizado para se identificar o solo?

Dentre as técnicas mais utilizadas para a realização de sondagens em solos, temos a Sondagem à percussão ou SPT (Standart Penetration Test), onde todos os seus procedimentos são padronizados pela NBR 6484/2001. Esse método é bastante utilizado na engenharia civil, possibilitando a obtenção de subsídios que irão definir o tipo e o dimensionamento das fundações (sendo estas fundamentais para qualquer tipo de construção).

A Sondagem a Percussão é um método geológico-geotécnico que visa a determinação dos tipos de solos e suas profundidades de ocorrência, a posição do nível d’água e, principalmente, o Índice de Resistência a Penetração do Solo (NSPT).

De forma simples, o NSPT é determinado através da cravação de um amostrador padrão sob a ação da queda de um martelo, com peso de 65 kg, de uma altura de 0,75 m, correspondendo, assim, ao número de golpes necessários para à penetração dos ultimos 30 cm do amostrador padrão, fornecendo uma indicação qualitativa do estado de compacidade ou consistência do solo.

O valor N varia entre os diferentes tipos de solos, referindo-se a diferentes graus de consistência, por exemplo:

  • Solos arenosos e siltes-arenosos com índice de penetração (N) superior a 40: referem-se aos solos muito compactos.
  • Solos argilosos e silte-argilosos com índice de penetração (N) inferior ou igual a 2:  referem-se aos solos muito moles.

Imagem mostrando como é realizada a SPT

Conclusão

É importante frisar que todos esses procedimentos, assim como qualquer trabalho nas áreas de Geologia e Geofísica devem ser realizados por uma equipe especializada e acompanhado por um responsável técnico.

Após a perfuração, aconselha-se que as amostras retiradas do amostrador sejam colocadas em­­ frascos herméticos, mantendo, assim, suas propriedades naturais, como umidade, e guardadas para analises posteriores.

Para saber mais sobre esse assunto, geologia, geotecnia e geofísica, acompanhe nosso blog!

Powered by Rock Convert

3 Comentários

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.