Conheça os principais tipos de sondagem do solo

Conheça os principais tipos de sondagem do solo

Confira neste post quais são eles, qual sua importância e quando você deve realizar cada um dos mesmos.

Introdução

A sondagem do solo é um procedimento que costuma ser realizado antes que qualquer obra de construção civil seja iniciada, para conhecer primeiramente as características do local em que se deseja construir.

Tais características, são obtidas através desse procedimento, que possui como objetivo obter uma amostra do solo ou da rocha na qual se deseja implementar uma obra de engenharia, que pode ser realizada para diversos setores, como, por exemplo, na mineração.

Conheça nessa matéria os tipos de sondagem do solo:

Sondagens a Trado

Existem dois tipos de sondagens a trado: a mecânica e a manual. Ambas apresentam suas vantagens e desvantagens em relação a elas e os outros métodos de sondagem.

A sondagem a trado manual é sem dúvida o método mais barato e que por consequência a que consegue investigar a menor profundidade possível, além de ser realizada apenas em solos moles e apenas acima do nível do lençol freático, chamado também de nível d’água.

O trado em si é composto por uma haste usada na vertical, que contém a broca, acoplada em uma haste horizontal, formando um “T”. Todo o aparelho então é rotacionado para que a broca penetre o solo. A cada cinco ou seis rotações, é preciso puxar o trado para colher as amostras.

Este é o mais econômico, rápido e prático de se realizar, embora apresente as maiores limitações.

O método de sondagem a trado mecânico é semelhante ao trado manual, com a principal diferença de a rotação ser realizada por um motor.

O método também é rápido e prático de se realizar, ainda mais que o método pelo trado manual, embora a prática necessite de equipamento que é mais caro que o usado no trado manual.

Imagem de uma sondagem a trado

SONDAGENS SPT

As sondagens do solo realizadas pelo método do SPT são provavelmente as mais comuns por apresentar uma gama de vantagens a um preço acessível.

O aparato consiste, resumidamente, em um tubo vertical que será golpeado por um martelo cujo peso é conhecido à uma altura também conhecida.

A cada golpe do martelo no tubo, uma porção maior de solo é perfurada e mais amostras são coletadas para a análise e classificação.

Neste método, algumas das características do solo já são coletadas durante a sondagem, sendo calculadas a partir da quantidade de golpes e a profundidade que cada golpe avança no solo.

Além da maior quantidade de informações, a sondagem SPT proporciona maiores profundidades, praticidade razoável e custos relativamente baixos, resultando em bom custo-benefício.

Infelizmente, as sondagens do solo obtidas pelo método também só permitem que rochas relativamente moles sejam perfuradas, impossibilitando o reconhecimento de solos compostos por rochas cristalinas, chamadas de rochas “duras”.

Se quiser saber mais sobre os benefícios de se realizar esse tipo de sondagem antes de construir seu empreendimento, clique aqui.

Imagem mostrando um perfil de Sondagem a Percussão

SONDAGEM ROTATIVA

Neste método, uma broca é usada com o auxílio de um motor mais potente para que a perfuração seja realizada.

Embora o maquinário seja relativamente fácil de ser transportado, o custo energético e, por consequência do estudo, acaba sendo alto, embora possibilite que maiores profundidades e muitos mais tipos de solo possam ser perfurados.

Este é um método relativamente incomum para a construção civil e mais comum para a perfuração de poço e para o ramo da mineração, porém em alguns casos de investigação mais profunda do solo ele pode ser necessário

Imagem mostrando técnicos operando uma sondagem rotativa

CONCLUSÃO

Em resumo, a sondagem a trado consiste no método mais prático, rápido e eficiente, porém investiga o solo apenas em solos moles e acima do nível do lençol freático.

A sondagem a percussão é o mais utilizado hoje, devido a ter um preço acessível e conseguir investigar mais o solo do que a sondagem a trado, sendo um método ainda com uma boa praticidade e não tão custoso, resultando em um bom custo-benefício.

A sondagem rotativa é um método que já não se torna mais tão prático embora o maquinário seja relativamente fácil de ser transportado, nele é que serão investigados solos mais profundos e duros.

Agora que você já conhece os principais tipos de sondagem de solo, conte com a GEOSCAN, uma empresa que atua no mercado de sondagens de solo e que possui equipes e ferramentas especializadas para realizar o serviço.

Caso esteja necessitando desse serviço, entre em contato conosco.

Powered by Rock Convert

1 Comentário

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.