Mineração no Estado do Pará

Mineração
no Estado do Pará

Saiba sobre como está a mineração no estado do Pará e quais as perspectivas futuras.

Introdução

O setor da mineração tem sido um dos principais motores de crescimento da Região Norte, especialmente no Pará, onde se encontram as duas maiores jazidas da região: a de Oriximiná, de bauxita; e a de Serra dos Carajás, ferro-manganês

Segundo o Instituto Brasileiro de Mineração (IBRAM), o Estado do Pará é atualmente o segundo maior produtor de minério do País, ficando atrás apenas de Minas Gerais.

Além disso, de acordo com o site do sindicato das indústrias minerais do estado do Pará, em 2018, 88% das exportações correspondiam às Indústrias de Mineração e Transformação Mineral.

Previsões Futuras da indústria mineral no estado

Até 2024 a indústria mineral pretende investir R$ 22 bilhões no Pará, outros R$ 18,8 bilhões serão investidos em infraestrutura, transformação mineral e outros negócios, como a produção de biodiesel.

Sem contar com esses investimentos, os atuais números já são bastante relevantes, pois, gera-se 266 mil empregos diretos e indiretos na cadeia produtiva local e responde por 20% do PIB paraense.

Além desses investimentos futuros, as tendências são de impulsionamento, pois, segundo o balanço da movimentação mineral do País, que foi divulgado no final do ano de 2018 pela Agência Nacional de Mineração (ANM), o Estado do Pará está como o segundo maior produtor nacional, aproximando-se de Minas Gerais, que explotou R$ 40 bilhões.

No Brasil, foram minerados ao todo R$ 101,46 bilhões em 91 diferentes commodities.

De acordo com o site do sindicato das indústrias minerais do estado do Pará, em 2018, 88% das exportações do Pará correspondiam às Indústrias de Mineração e Transformação Mineral.

Nesse resultado, o ferro continua sendo o principal produto exportado pela indústria de mineração do Pará, representando US$ 9,196 bilhões, seguido por cobre, com US$ 2,064 Bilhões, manganês, US$ 276 milhões, bauxita, níquel, caulim, ouro e silício.

Outro dado interessante é que no ano retrasado, as minas dessa região tiveram recorde de produção de minério de ferro, conforme dados da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia (SEDEME), foram 169,15 milhões de toneladas, volume 14,2 % maior do que em 2016.

Conclusão

Tudo indica que a mineração no Pará irá ser cada vez mais impactante para o estado e tende a crescer nos próximos anos, podendo superar Minas Gerais.

Portanto, esse setor que já é muito importante para a economia brasileira pode contribuir cada vez mais para o crescimento econômico do país.

A Geoscan tem atuado diretamente no Estado do Pará, prestando serviços de alta qualidade com profissionais eficientes na área de mineração. 

Caso você queira saber mais sobre como está a mineração no país e como está a mineração no estado do Ceará ou queira se atualizar sobre temas e serviços de geologia para mineração, acompanhe nosso blog.

Conte conosco
na área de mineração.

CONTATO

4 Comentários

  1. Avatar

    Como faço para comprar minério para exportação, qual o órgão que devo procurar.
    Grato.

    1. Bom dia Antônio, tudo bem? O ideal é que você entre em contato com as mineradoras ou com produtores do minério que você pretende comprar.

  2. Como saber se na minha cidade tem ouro?
    moro na cidade de Curuá-PA.

    1. Bom dia Mauro, tudo bem?

      Você pode pesquisar se há algum registro de mineração através de notícias nos anos anteriores ou pelo sigmine, da ANM, que vai mostrar o status de todos os processos minerários na sua região.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.