instalacao-de-poco-de-monitoramento

Instalação de poço de monitoramento

A instalação de poço de monitoramento possui como principal objetivo permitir o acesso a água subterrânea de uma determinada região, para que seja possível retirar amostras com o objetivo de analisar e monitorar essa água, sendo o poço de monitoramento ambiental imprescindível para conseguir analisar parâmetros químicos e físico químicos.

Dessa forma, neste conteúdo, vamos explicar como funciona a instalação de poços de monitoramento ambiental e porque ela deve ser realizada de acordo com todas as normas vigentes.


Passos anteriores a instalação de poços de monitoramento

Antes da instalação de poços de monitoramento, é necessário realizar uma caracterização da área em que deseja se realizar esse serviço e entender tanto as características geológicas quanto as hidrogeológicas, para determinar qual será o método de perfuração do poço de monitoramento.

Existem basicamente três diferentes tipos de substratos em que eles podem ser construídos, sendo estes:

  • Cristalino;
  • Sedimentar;
  • Misto.

Após esse estudo e a partir das informações obtidas, devem ser determinadas as distribuições e as localizações dos poços de monitoramento de água subterrânea na área de interesse, levando em conta também a topografia do terreno e a função dos poços de acordo com o tipo de empreendimento.

Antes de iniciar a perfuração, é necessário seguir os materiais e as especificações conforme a norma NBR 15495-1. Sendo de suma importância utilizar os materiais corretos para que o poço opere com máxima eficiência.

instalação de poço de monitoramento

Instalação de poço de monitoramento ambiental

A instalação de poços de monitoramento deverá ser realizada a partir da Norma da ABNT – NBR 15495-1: Poços de monitoramento de águas subterrâneas em aquíferos granulares – Parte 1: Projeto e construção (2007) e Parte 2: desenvolvimento (2008).

O principal detalhe que deve ser observado durante a construção do poço de monitoramento é no momento em que é realizada a sua perfuração, pois, é imprescindível que o furo seja realizado de maneira retilínea e livre de obstruções ou qualquer material que possa contaminar.

De maneira ideal, é importante que ele seja feito sem auxílio de água ou quaisquer outros fluídos, contudo, caso seja necessário eles podem ser utilizados de maneira controlada.

Após isso, o passo a passo é basicamente:

  • Ajuste do tubo-filtro e do tubo de revestimento;
  • Acoplamento e vedação dos componentes;
  • Instalação dos tubos;
  • Encaixe dos pré-filtros primários e secundários;
  • Preenchimento do espaço entre as paredes do tubo e do tubo de revestimento com bentonita.

Por fim, o poço de monitoramento ambiental deve ser protegido, através da instalação do cap de pressão, construção da laje sanitária e a caixa de proteção do poço.


Utilização dos poços de monitoramento

Além da coleta de amostras de água subterrânea para a realização da análise e monitoramento da mesma, os poços de monitoramento ambiental também podem ser utilizados para:

  • A medição de cargas hidráulicas;
  • A realização de ensaios hidráulicos.

Os poços de monitoramento são utilizados principalmente para que possa ser realizado o monitoramento de um aquífero específico ou em projetos de investigação de áreas contaminadas, sendo necessária sua construção em alguns empreendimentos específicos.

Se você precisa realizar a instalação de poços de monitoramento, entre em contato conosco, realizamos esse tipo de serviço há mais de 5 anos e temos profissionais competentes e habilitados para instalar, perfurar e construir com excelência o seu poço de monitoramento ambiental.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.